Outubro 23, 2021

Roteiro Turístico de Tomar

Convidamos a conhecer, através do Roteiro Turístico de Tomar, os Monumentos mais significativos, e não só, dentro da cidade de Tomar.

Castelo de Tomar (vista aérea)

Castelo de Tomar – Também conhecido como o Castelo dos Templários, salta logo á vista, pois situa-se no ponto mais alto da cidade. Fundado por Gualdim País (1. Mestre dos Templários em Portugal) em 1160, e foi erigida na traça pelas fortificações existentes na Terra Santa, sendo naquela época a fortificação mais moderna e avançada no reino.

Entrada do Convento de Cristo, Convento de Cristo visto do Castelo e a Janela do Capítulo

Convento de Cristo – Construída entre muralhas, entre os Secs. XII e XVII, é tão ou mais conhecido que o Castelo. Foi eleito Monumento Nacional em 1983. Muitas marcas da arquitectura aqui se encontram a saber: a Charola( o Oratório dos Templários) , o claustro de D. João III e a famosa janela do Capítulo existente na Sala do Capítulo. Se quiser visitar o Castelo e o Convento de Cristo ao fim de semana e feriados a entrada é gratuita.

Entrada da Mata dos Sete Montes
Charolinha no interior da Mata dos Sete Montes

Mata Nacional dos Sete Montes

Principal parque da cidade e serve “de ponte” entre o Castelo e o centro histórico. A Ordem de Cristo usava como área de cultivo e recolhimento.Se gosta de desafios, aceite este! Emaranhada entre a frondosa vegetação encontrará a Charola do Convento em ponto pequeno ladeada por um lago!

 

No Centro Histórico

Para visitar o Centro Histórico de Tomar desloque se a pé ( caso não tenha nenhuma limitação física, claro). Assim poderá admirar exemplos de arquitectura gótica e renascentista, edifícios magníficos e maravilhosos datados do começo do Sécs. XVII e XVIII, bem como belíssimos painéis de azulejos existentes nas fachadas.

Recriação de Mercado Antigo de 1900 na Praça da República

Praça da República – Principal praça de Tomar onde se situam: a Câmara Municipal ( antigos Paços Reais de D. Manuel I), a imponente Igreja de S. João Baptista, uma grandiosa estátua em homenagem ao fundador de Tomar, Gualdim País.

Fachadas na Rua Serpa Pinto

Corredoura ( Rua Serpa Pinto) – Outrora calcorreada pelos Cavaleiros Templários para chegar ao castelo, sendo actualmente a principal rua comercial do Centro Histórico de Tomar.

Antiga Judiaria de Tomar

Antiga Judiaria – A Sinagoga está a meio do antigo bairro hebraico, mandado construir pelo Infante D. Henrique em forma de agradecimento e dar gasalho aos Judeus que muito contribuíram para os Descobrimentos Portugueses. São ruas estreitas e floridas, perfeitas para passear á solta!

Interior do Museu dos Fósforos

Museu dos Fósforos – Situado no antigo Convento de S. Francisco encontrará um museu muito original, o Museu dos Fósforos, onde se conservam mais de 60 mil caixas de fósforos, onde se representam exemplares de 127 países incluindo Portugal, claro está! 

Entrada gratuita.

Entrada para o Museu dos Fósforos e Oficina de Olaria e Azulejaria

Do lado oposto e mesmo de frente do Museu dos Fósforos, pode também visitar e quiser comprar algum objecto de Olaria está uma Oficina de Olaria e Azulejaria. 

Entrada gratuita!

Vista aérea do Aqueduto dos Pegões
Os imponentes arcos que sustentam o Aqueduto dos Pegões

Aqueduto dos Pegões – Situado a 3 Km de Tomar, é aconselhável o uso de um carro, ou sempre pode requisitar a um dos condutores de tuk-tuk para irem lá consigo. 

Vislumbre lá a imponente obra com 6 Km, e 180 arcos que Filipe I mandou construir, para levar água ao Convento de Cristo. É classificado, também, Monumento Nacional e a entrada também é gratuita!

Vista exterior da Igreja de Santa Maria do Olival

Igreja de Santa Maria do Olival – Igreja Gótica do Séc. XIII, é considerada o Panteão dos Templários, onde se encontra o túmulo de Gualdim Pais, inclusive. Esta igreja também é considerada a matriz de todas as igrejas da época dos Descobrimentos Portugueses.

Santa Maria do Olival (interior da Igreja de Santa Maria do Olival)
Ponte Velha( Ponte de D. Manuel I) - Construída sobre o Rio Nabão - símbolo de património
Roda Hidraulica do Mouchão

Roda do Nabão – Roda singular, em madeira, é a que resta de muitas que em tempos idos, aproveitavam a força das águas do Rio Nabão para os gentios fazerem as suas regras. Situada há entrada do Parque do Mouchão, no centro da cidade é raro encontrar um Tomarense que não tenha orgulho nela.

Como o leitor já percebeu, visitar Tomar, sem grande investimento, ficará com boa lição de História de Portugal.

E os Tomarenses agradeceram a sua visita!

Banner Lergratis

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *