29 de Novembro, 2022

Conhecer AromaTerapia!

AromaTerapia

Óleos essenciais, o que são?

Os óleos essenciais são compostos aromáticos naturais encontrados nas sementes, casca, caules, raízes, flores e outras partes das plantas. Para além dos benefícios intrínsecos das plantas e de serem maravilhosamente perfumados, os óleos essenciais têm sido utilizados ao longo da história em muitas culturas pelos seus benefícios terapêuticos e medicinais no Ser Humano. 

Estudos científicos modernos e a tendência para abordagens mais holísticas para o bem-estar, estão a impulsionar um ressurgimento e uma nova descoberta das aplicações dos óleos essenciais na saúde.

Sendo a medicina natural das plantas contra bactérias, vírus e doenças que atacam as células, descobriu-se que os óleos essenciais trabalham em nosso benefício tal como o fariam pela planta, matando bactérias, inibindo a reprodução de vírus, limpando toxinas, destruindo parasitas, oxigenando as nossas células e reforçando os nossos sistemas imunitários, e dando ao organismo o que necessita para se reconstruir, através de uma absorção sistémica e actuação a nível celular.

Os óleos essenciais, têm a mesma composição molecular que nós, seres humanos.

Como funciona a aromaterapia

Adoro aromaterapia, a subtileza e elegância de como actua no nosso organismo.

Faz-nos recordar que, também nós, somos parte deste universo natural do qual as plantas pertencem, nos servem e acolhem. É incrível o poder do nosso sentido do olfacto.

O Olfacto é o único sentido humano que tem ligação directa com o cérebro, com o Sistema Límbico, uma espécie de central emocional que pode ser considerado como o Coração da Mente.

Quando as moléculas aromáticas, que são voláteis e se disseminam no ar à nossa volta, são inaladas, rapidamente são absorvidas pelo sangue através dos pulmões, afectando todo o sistema respiratório.

O Sistema Límbico faz parte do cérebro e é responsável por regular os sentimentos, as emoções, as memórias, as aprendizagens e a energia física. 

A absorção dos aromas, no caso da aromaterapia com os óleos essenciais, através do Sistema Límbico dispara neuro químicos específicos que podem ter acção sedativa, relaxante, estimulante, ou mesmo euforia.

Sistema límbico, vem do latim limbus, significa fronteira e situa-se no centro do cérebro região onde se localiza o centro das emoções tais como: medo, raiva, dor, prazer, alegria, afecto e outros; actua também como centro despertador e controlador do desejo sexual e da fome.

Os óleos essenciais, têm a mesma composição molecular que nós, seres humanos.

Desta forma, conseguem atravessar esta fronteira penetrando nas nossas células, harmonizando-as e regenerando-as. Isto é algo que nenhum componente sintético consegue fazer, pois o nosso organismo não reconhece e entende-o como um agente agressor , rejeitando-o e criando defesas.

Esta é a beleza dos óleos essenciais, com os quais vais criando uma relação de cumplicidade, porque te dás conta que quando os utilizas tens uma sensação de acolhimento e de que eles trabalham sempre a teu favor.

Partilhar:
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •